Um suspiro e não há mais nada

terça-feira, 28 de abril de 2009

Hoje percebi que não conseguiria escrever no computador o meu novo projeto de livro (quando digo que tô escrevendo um livro, eu quero dizer que um dia realmente quero publicar, etc e tal, mas por enquanto sou apenas uma pobre estudante que gosta de escrever e não uma escritora de fato u.u”)

Pois é... então eu me sentei e comecei a escrever no caderno. O prólogo já está pronto, e isso é assustador, dado o ritmo sofrivelmente lento com o qual eu escrevo. Tá, eu sei que ainda vou revisar aquilo quatrocentas e vinte milhões de vezes (e ainda não vou achar bom), mas o que importa foi que comecei. O primeiro passo foi dado.

Por falar em livros, estou lendo Forrest Gump. É, o livro foi baseado num livro (talvez só eu não soubesse disso, mas deixa pra lá...). Bom, eu não sabia, e quando soube fui correndo atrás, pra ver se era tão bom quanto o filme. E... bem, pela primeira vez devo dizer que o filme é melhor que o livro que o originou.

Pra início de conversa, o filme não é uma adaptação muito fiel... Mas com certeza é mais poética. O livro de Winston Groom é um pouco mais... sei lá. Cru. Mas não é ruim. Só tô dizendo que o filme é melhor xD

Apesar de estar escrevendo um bocado esses dias, minha imaginação pra posts tá uma grandessíssima merda... Eu fico cheia de ideias e teorias na cabeça, mas na hora de escrever cadê que elas voltam? Que nada.

Quem sabe eu rearranjo meus pensamentos daqui pra semana que vem (eu sempre digo isso, mas cadê que arranjo?)

Até mais...


P.S.: Se alguém nesta vasta blogosfera estiver afim de ler algo que escrevo, é só passar lá no .status quo. Lá, na barra lateral, tem um índice bem detalhado, com todos os capítulos publicados e tudo o mais. Be happy o/

5 comentários:

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, não se preocupa com isto, mas senão pode escrever, que tal desenhar?

É, já vi os seus desenhos no Status Quo...

Fiquem com Deus, menina Moony e galera.
Um abraço.

Julie... disse...

Eu tenho um caso c^ronico de preguiça. Se eu assistir primeiro ao filme, acabo enrolando pra ler o livro. =/
E olha que adoro ler mas gosto da surpresa por mais que os filmes sempre fujam da história original.
Lolita é um exemplo, demorei terminar.. até o comprei pra ver se não parava no caminho, rs.

Bgs

.ana disse...

.moony!
tá sofrendo de bloqueio de escritor??? acho que somos duas! heehhehhe

credo, mas isso passa.

e não sabia isso do livro... se o filme dessa vez é melhor, nem me animo a ler o livro [redundante isso...].

bjks!

...vdj... disse...

Meus pensamentos são tão acelerados que muitas vezes fica difícil de colocar tudo na escrita.

[]'s
.
.
.

Xana disse...

Eu gosto de informações completas, sempre procuro saber se tem um livro antes de ver o filme, sou bem chata, gosto de ler primeiro e depois ver o filme e poder fazer comparações mais bem embasadas.
bju!!