O Circo da injustiça chegoooou a sua cidade!!!

domingo, 26 de julho de 2009

Apresentador- "O CIRCO DA INJUSTIÇA CHEGOOOOOOU A SUA CIDADE!!
E TODO DIA TEM ESPETÁCULO.
TODO DIA!!!

ESTAMOS ACEITANDO ARTISTAS CIRCENSES... MAIS SÓ PRECISAMOS DE PALHAÇOS!!!

SE O SEU SONHO É SER PALHAÇO, O NOSSO CIRCO É O LUGAR CERTO PARA VOCÊ!!!!

O PALHAÇO D
ESTE CIRCO O QUE É?
É LADRÃO...E NÃO É SÓ DE MULHER MAIS NÃO!!!HAUHUA
HUAH"

Se o seu sonho é ser palhaço, esse é REALMENTE o lugar certo para você, mais eu prefiro continuar me equilibrando"na corda bamba da justiça" até que ela se torne um fio grosso e rígido como uma ponte onde todos possamos atravessar em segurança seguros pela mãos confiantes e honestas da justiça desta nação.
Eu sempre dizia: "NÃO ACREDITO NA JUSTIÇA!!!"
Até que percebi que se não acreditasse e lutasse para que ela continuasse existindo e contribuisse ferrenhamente para que ela alcançe o domínio do carro que guia esta nação desregrada, eu nunca poderia ser conduzida tranquilamente e confiantemente pelas mãos honestas e sábias da justiça em sua forma verdadeira.
Nós somos a maior força dessa nação, somos a massa, o todo, o povo, e temos que tirar do controle esse arremedo de justiça que foi posta no lugar da verdadeira, para nos ludibriar, e somente nós o povo enquanto força legitima que move este país podemos fazer isso, e para isso temos de deixar de sermos espectadores imóveis da degradação de nosssa nação, temos de deixar de ser apenas palhaços neste circo imundo da corrupção.
Temos que querer mais do que Pão e Circo enquanto a injustiça em nosso país é uma coisa comum e corriqueira, tão banal e diária que as pessoas intronizaram a idéia de que fazem por mereçer aquilo que lhes aconteçe, como se a culpa de um assalto fosse porque você "deu bobeira", ou diz que a culpa é da deflação atual, do desemprego, da crise mundial, da alta ou da queda do dolar no mercado mundial.
Se o político é corrupto e rouba de você enquanto contribuinte, a culpa é sua que escolheu mal seu candidato, ou a culpa é do burro que votou nele, dos ignorantes políticos...
Isso é um erro, se a injustiça se processa, se um mal é cometido, se um roubo é efetuado, a culpa e do indivíduo gerador desta ação e não de você que não foi capaz de evitá-la!
A culpa é da classe mais favorecida? Não!!!!!
Se pobreza, doença, desgraça e desemprego fossem justificativa para todos os males do mundo, todos os pobres do mundo, o quem se considerasse pobre se sentiria no direito de roubar, matar, enganar e ser injusto com todo mundo, já que tem uma boa desculpa.
Quantas vezes vemos catadores de papel e pensamos que são ladrões, que não vão pagar suas contas sem tirar o que pertence aos outros e não percebemos que estes estão apenas trabalhando e evitando usar sua condição de pobre como desculpa para ser injusto com o próximo e se apoderar do que não lhes pentence.
Então vemos ricos, bancários, políticos, que estão bem longe da desculpa de pobreza, de desemprego, de doença e de desgraça se apoderando do que não lhes pertence como se tivessem o direito divino de o fazer.
Um político não é um rei de tempos imemoriais, é um governante que foi investido pelo povo de poder para governar em nome deste mesmo povo e para o benefício deste mesmo povo que lhe emprestou esse poder e tem o direito de o retirar.
Isso se chama democracia, e até onde existe monarquia com uma história de sucesso, existe um lider do parlamento para gerir os interesses deste povo, junto aquele que foi investido por Deus de direito de governar, os reis, segundo idéias seculares.
Sendo assim, é justo que uma pessoa seja prejudicada por outra por motivos de inferioridade ou superioridade financeira, ou intelectual, ou de poderio?
Não, não é!!!Então porque ainda existem em todas as classes sociais da mais miserável a mais absurdamente abastada indivíduos que se acreditam muito superiores ou muito inferiores e se sentem no direito de exigir reparação alheia ou benefícios alheios por este motivo?
Eu lhes respondo, sem qualquer dúvida que isso ocorre porque há pessoas que compactuam com esse comportamento, e lhes legitimizam por meio de sua aceitação ou de sua compactuação com esse desregramento.
Em outras palavras seria que existe gente injusta e injustiça no mundo, porque sempre existe gente que acredita que mereça receber essa injustiça por algum motivo, ou porque existe gente que participa e concorda com essa injustiça porque se beneficia dela ou tem medo de ser alvo dela.
O dia em que dissermos um sonoro: EU NÃO CONCORDO COM ISSO PORQUE ISSO É UMA INJUSTIÇA E VOU PROCURAR MEU DIREITO DE RESPOSTA A ISSO!!!
Os injustos ficaram muito menos fortes e muito menos corajosos de mostrar sua cara e seguir seu impulsos perversos e tortuosos, já que sabem que não receberam apoio nem cobertura de ninguém.
É muito mais difícil botar a cara na reta e fazer algo que se sabe errado sozinho, do que com participação e apoio alheios.Não podemos deixar esses comportamentos impunes passarem pela nossa vida sem que façamos algo para reprimí-los, mesmo que seja contar a cada pessoa que conhecemos uma injustiça que nos foi feita e por quem, para evitar que este mesmo injusto dissemine o seu mal por outras pessoas em outras situações, e não ficarmos acalados para que outros sofram o mesmo que nós e nos sintamos acompanhados na desgraça como aconteçe.
Quem nunca viu por exemplo que tem um buraco na estrada no qual se acabou de cair, e fica-se quieto para que o próximo caia e você não seja o único "bobo" que caiu.
Isso faz de você um injusto tão sujo quanto quem deixou de tapar aquele buraco e quanto aquele que tirou a placa onde se dizia:" Buraco na Estrada".
Esse comportamento faz com que a injustiça e o mal, vire um ciclo vicioso interminável e inexorável em todo o mundo e na vida de cada um de nós.
Seja consciente de que se você combater a injustiça e não se calar ante a ela estará impedindo que você mesmo seja injustiçado no futuro.
Não é benefício só dos outros, é em benefício de você também, um ciclo de benefício como uma espécie de "corrente do bem", mais forte do que a capacidade de injustiça de uns poucos pobres de espírito que podem vir a inssistir no erro.
Mais isso é uma coisa que temos que fazer todo o tempo e todo o dia, temos que acreditar que as pequenas atitudes de cada um de nós é que mudarão esse jogo.
Vou exemplificar com algo que acontecei comigo e que contei no meu blog e contarei aqui também como exemplo e reflexão.
"Pois é amigos, tive a péssima ideia de ir a uma festa de peão, numa cidade próxima, não perto, umas 2 horas daqui num show de Gian e Giovanni com o Grandão.
Chegamos lá e encontrei uns amigos e fomos comer algumas coisas nos restaurantes e barzinhos que são montandos em tendas.
Entramos e saimos de vários e as pessoas mal educadas mesmo não consumindo nada não saiam das mesas para quem queria consumir.
Nada contra, sei que não precisam sair para mim nem nada, mais me deu raiva quando eu morrendo de fome(coisa que me deixa descontrolada e com zumbido no ouvido de tanta fraqueza) encontrei uma mesa vazia, me sentei e acenei aos amigos e ao Grandão e quando eles vinham vi o garçon chegar e interceptar o Grandão e dizer :
_ Ela é sua mulher, pede a ela para sair da mesa que o gerente da Caixa Econômica Federal da cidade vai sentar ali.
_ Que? Como assim?
_ É isso mesmo, ela vai ter que levantar agora.
_ Amor, o Garçon está dizendo que essa mesa tem dono e que teremos que levantar.
__Como assim, tem dono? Não tinha ninguém nesta mesa quando sentei.
_ Ele é o gerente do banco, não cria confusão.
_ Hein, e eu com isso. eu vou me levantar mais vou criar confusão sim e muita presta bem atenção em mim.
_ Colega, que tal dividirmos a mesa, podemos sentar todos juntos. (Rindo sarcástico)
_ Não, muito obrigada, a Xana vai conseguir uma mesa melhor para nós.
(A mesa só tinha 3 cadeiras e não daria nem para os que estavam com ele)
Sai e fui falar com a Dona do estabelecimento, e ela ficou fingindo que não me escutava. virou as costas e saiu.
O Garçon veio sem graça, pedindo que esperassemos um tempo até vagar outra mesa.
Eu disse que não muito obrigada, já que o atendimento era aquela merda ele ainda ia querer que eu esperasse. Tava de brincadeira.
Fiquei controlando a vontade de chutar os bagos daquele "filho de uma cadela vagabunda" do gerente e do "fihote de rameira de beira de estrada" do garçon.
Mais como diz o outro, "eu sei onde ele mora, sei quem ele é e tenho um bom motivo para fuder a vida dele até quando eu quiser".
Agora vocês vão me dizer: " Xanuda, calma ái que ele é só um garçon, proletário, pobre coitado."
Por isso mesmo não tinha o direito de me mandar levantar, se ele tivesse dito que a dona do estabelecimento tinha pedido, eu brigaria só com ela.
Mais pelo que meus amigos puderam perceber a iniciativa de" lambe bota suja" foi exclusivamente dele.
Agora eles que aguentem!!
Como sempre ninguém quer testemunhar para ajudar, mais entrei em contato com a Tentação, ela é advogada e ela disse que daremos uma queixa de mal atendimento ao procon contra a dona do estabelecimento já que não conseguimos testemunhas para o processo de contrangimento ilegal.
É aqui que as pessoas deveriam ajudar a evitar que essas pessoas faça isso com mais outras pessoas inocentes e preferiram se calar ante uma injustiça por medo de ser alvo dela, como se pudessem viver a vida diariamente escapando de serem alvo de um comportamento injusto.
Eu sei que o procon vai dar apenas uma advertência a dona do estabelecimento, mais eu faço questão de depois disso ir falar com ela sobre o caso e lhe esclarecer que o comportamento dela de omissão é que deu força para que a injustiça fosse perpetrada.
O que faz dela uma pessoa ruim, maléfica para a sociedade, além de injusta.
Espero que ela tenho vergonha de ser vista desta forma pelos seus clientes e tenha mais cuidado na próxima vez que algo começar a sair do controle.
Agora tenho certeza de que ela vai me ouvir, e vai ter que continuar me atendendo e muito bem, senão darei outra queixa no procon.
Porque só assim ela compreenderá que viver não é brincadeira e que nossos atos não são isolados, são como cursos de água de um rio, que passam por várias pessoas contribuindo de forma positiva ou negativa e que vão sempre desguar em algum lugar e temos que cuidar que esse desague seja bem feito e benéfico.
Tem gente que só aprende quando se fode!!
É isso que chamo de aprender pela injustiça ou como diz na bíblia vir para o lado correto pela dor e não pelo amor, já que precisa perder e sofrer na pele para ter coragem de admitir suas falhas, suas deficiências, e ter coragem de tentar corrigí-las da melhor maneira possível.
Como sempre saliento aqui, desculpas não são reparações de erros, são apenas palavras sem sentido nem significado, vindas de um covarde se não vierem acompanhadas de atos concretos de reparação.
Morri de vergonha e foi uma tremenda humilhação e alguém vai me pagar e muito caro por isso!!
Porque assim tenho certeza de que o erro não irá se repetir outra vez, é minha forma de contribuir com a diminuição da injustiça e da desorden reinante em nossa nação.
( Contém Trechos retirados do http://1001noitesdemalicia.blogspot.com/)"
E lembre-se, se o mundo é injusto e a violência e cada vez maior, o mundo está pobre, podre e perdido, corrompido e ruim, onde nós estamos contribuindo para que ele permaneça assim e o que podemos fazer para que isso mude?


"Cara de palhaço, boca de palhaço, pinta de palhaço..."

4 comentários:

Marina Melow disse...

Para mim, á justiça é cega. Aqui no nosso país, parece que apenas faz figuração.

Marina Melow disse...

Para mim, á justiça é cega. Aqui no nosso país, parece que apenas faz figuração.

' káh. milloti ' disse...

Justiça. Algo que nem devemos discutir mais. Não existe a anos. Infelizmente. =/

Daniel Savio disse...

Andou bem inspirada senhorita Xana...

Ficou grande o post (hua, kkk, ha, ha, ia dizer que nem o "grandão", mas acho que isto é abuso)...

Pena que você não escreve sempre assim...

Fiquem com Deus, menina Xana e galera.
Um abraço.